Entre em contato por:

garotadepersonalidades@gmail.com

domingo, 14 de agosto de 2016

Ser tímida...

Cheguei a algumas conclusões ultimamente. Não tentei organizar ainda esses meus pensamentos sobre isso, mas vamos lá.
Não sei se sabe, mas sou tímida. É algo tão variável. Digo, às vezes é tão ruim, mas tem horas que é muito bom.

Não conversar com as pessoas que estão ao lado, não saber o que responder, gaguejar, não querer ler na frente da turma, querer chorar quando passa vergonha, ser meio que deixada de lado, não expressar opinião e sentimentos... Não precisava nem dizer que isso é bem chato.
Quando se é "quieta", provavelmente não chama muito a atenção das pessoas. Se você for próxima de alguém extrovertido, suas chances de ser notada são baixas. As atenções não se viram para você em um bom sentido.
Mas, tem seus bons lados. Gosto como as pessoas me respeitam, gosto de ouvir que sou uma pessoa legal (quando veem que sou). Não falar algo bizarro e ser alvo de risos (porquê preferiu ficar calada, e não passou vergonha!)
Eu não sou a pessoa mais tímida do mundo, nem a zuada, nem a que foge das pessoas e não conversa com ninguém. Minha timidez, digamos, tá bem evoluida, rsrs. Consigo me comunicar, e conversar com muita gente (geralmente, quando falam comigo!).
A timidez é algo que muda. Pode não sumir, mas melhora!
.
.
.
Sei que muitos sofrem com essa situação, e gostaria muito mesmo de ajudar de alguma forma.
Se passa por algo do tipo, adoraria saber suas situações. Meu e-mail está disponível para novas histórias!
garotadepersonalidades@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário